Páginas

sábado, 26 de junho de 2010

Clareza na informação!

Hoje quero parabenizar o SESC de São José dos Campos por colocar ao lado de cada alimento à venda em sua lanchonete, uma plaquinha que, além de descrever os ingredientes, avisa ao consumidor se CONTÉM ou NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Descobri isso ao comprar bolinho caipira, um quitute junino, típico do Vale do Paraíba. Uma gostosura feita de farinha de milho (para meu deleite)! E que nem todo celíaco da região sabe que esse bolinho, nós podemos comer sem culpa. Por isso, achei bacana a iniciativa do SESC.

Esta é uma das dificuldades que encontro ao comer em restaurantes. Outro dia eu descobri que estava comendo grãos de trigo na salada, sem saber que eram de trigo, pois não havia nada informando e eu distraída não notei o que realmente eram. Outra "pegadinha" clássica é a lasanha de berinjela, que em alguns estabelecimentos são empanadas com farinha de trigo.

Apesar de saber que cada um é responsável por si e por sua saúde, às vezes é desagradável ficar perguntando do que cada prato é feito. Os funcionários não são treinados para tanto. Ainda não me acostumei com isso!

Seria muito mais educado, por parte do estabelecimento comercial, que informasse com clareza o tal CONTÉM ou NÃO CONTÉM GLÚTEN e se CONTÉM ou NÃO CONTÉM LACTOSE, outro problema alimentar seríssimo.

A cada dia que passa percebo a necessidade de trazer à tona a questão da Doença Celíaca no ambiente que me cerca.

Hoje à noite tem Arraiá e, ainda bem, que por aqui existem os tais bolinhos caipira...

A receita você encontra
aqui!

2 comentários:

DedEhkO disse...

Olá Daniela, passei aqui por que você me recomendou por DM no Twitter. Já passei pelo mesmo problema de comer grãos de trigo, por estar distraído e ser tão incomum, mas no arroz. O pior de tudo é que foi em um restaurante no qual por algum tempo eles passaram a identificar os alimentos com glúten, por pedido meu.
No entanto, eles não sabiam muito bem, e para evitar mais erros (acredito) pararam de colocar as plaquinhas. Acho muito importante nos assegurar sempre, e fazer as pessoas ao nosso redor conhecer a doença também.

Eu tinha um blog que está parado, existem algumas receitas lá que eu uso no meu dia-a-dia, e pretendo voltar a ativá-lo. Ah eu sou o @andrelt

Daniela Oliveira disse...

Oi André! Bem vindo ao blog e obrigada pelo comentário! Infelizmente os restaurantes não tem pessoas preparadas e com a falta de informação muitas confusões são geradas. Faltou vc deixar o endereço do blog, mesmo que desativado, as receitas podem ajudar... Saudações, Daniela